PESQUISA REALIZADA PELA EY A PEDIDO DA CBF SOBRE POLÍTICAS E PRÁTICAS DE RECURSOS HUMANOS DOS CLUBES BRASILEIROS DA SÉRIA A E B DEMONSTRA QUE QUASE UM SÉCULO DEPOIS DA PROFISSIONALIZAÇÃO DO FUTEBOL, OS CLUBES APRESENTAM DIFICULDADES EM SE ORGANIZAR FINANCEIRAMENTE E ESTRUTURALMENTE

PESQUISA REALIZADA PELA EY A PEDIDO DA CBF SOBRE POLÍTICAS E PRÁTICAS DE RECURSOS HUMANOS DOS CLUBES BRASILEIROS DA SÉRIA A E B DEMONSTRA QUE QUASE UM SÉCULO DEPOIS DA PROFISSIONALIZAÇÃO DO FUTEBOL, OS CLUBES APRESENTAM DIFICULDADES EM SE ORGANIZAR FINANCEIRAMENTE E ESTRUTURALMENTE

Como órgão dirigente do esporte no Brasil e objetivando promover a modernização das práticas de governança de seus afiliados, a CBF solicitou a EY a realização de uma pesquisa com os clubes das séries A e B do Campeonato Brasileiro a respeito das suas políticas e práticas de Recursos Humanos. Segue o resultado do trabalho com números atualizados. (clique aquii)