PERSPECTIVAS DO MERCADO DE CRIPTOATIVOS E GAMES PARA 2022

As tendências que ganharam destaque em 2021, como o Metaverso, os games e criptoativos, devem crescer ainda mais no mercado em 2022.

Os novos criptoativos, como NFTs (tokens não fungíveis), ganharam força com a adoção cada vez mais ampla em diversos setores, inclusive moda, arte e audiovisual, atingindo recordes de vendas nas principais plataformas de blockchain.

Em 2021, o Bitcoin (BTC) alcançou uma valorização acumulada de quase 160% em 12 meses, apesar de não ter alcançado o patamar esperado de US$ 100 mil.

Sem prejuízo disso, o Bitcoin deu passos largos em direção à aceitação popular, com sites renomados como Microsoft, Overstock e Etsy adotando a moeda como método de pagamento. Outro destaque ocorreu em setembro, quando El Salvador se tornou o primeiro país do mundo a aceitar o Bitcoin como moeda legal.

Outras moedas tiveram um resultado ainda melhor, como o Ethereum (ETH), que teve retorno quatro vezes maior do que o BTC, com alta de 600%, apesar do problema das altas taxas. Aproveitando essa lacuna, Binance Coin (BNB) e Solana (SOL) dispararam até 11.000% desde o começo do ano.

Juntas, as principais criptomoedas, por valor de mercado, saltaram 200% desde janeiro, de US$ 800 bilhões para US$ 2,4 trilhões em dezembro, sendo que, desse total, pouco mais de 38% são de Bitcoin. O restante é resultado das várias tendências do ano, que passam pelas finanças descentralizadas (DeFi) e NFTs até os jogos play-to-earn(jogue para ganhar) e o Metaverso.

Com relação ao mercado de games, a Meta (novo Facebook Inc.), anunciou a contratação de Neymar Jr. como o novo rosto de criação de conteúdo do Facebook Gaming. O acordo engloba a promoção de lives mensais pelo atleta na plataforma de games e a produção de conteúdo em vídeo voltado ao seu Instagram, que possui mais de 166 milhões de seguidores.

O objetivo da Meta é dominar o mercado de games, consumido por quase metade da população mundial, visto que a perspectiva é que esse setor movimente US$ 220 bilhões até 2024. Para fins de comparação, o mercado global de streaming de vídeo, um sucesso na atualidade, foi avaliado em US$ 50 bilhões em 2021, devendo atingir o patamar dos games apenas em 2030.

A atuação de Bichara e Motta Advogados no campo de Criptoativos e Games já é uma realidade.