O Mercado da Bola 2022/2023 deve superar a marca da temporada passada e já movimentou 3,5 bilhões de euros este ano

Até o momento, a janela de transferências no primeiro escalão do futebol europeu, edição de 2022/2023, já dá mostras que irá superar o volume de negócios registrado na temporada passada, ao alcançar 3,5 bilhões de euros, que representam cerca de R$ 19,7 bilhões.

Vale lembrar que ainda falta um mês para o término do período de registro das contratações nas cinco principais ligas nacionais do futebol na Europa (Alemanha, Espanha, França, Itália e Inglaterra).

Em 2021, a janela de junho/julho/agosto atingiu 4 bilhões de euros, cerca de R$ 22,4 bilhões, e teve o resultado mais modesto desde 2014/2015, em função dos efeitos econômicos da pandemia de covid-19.

Nesta temporada, por enquanto, nenhuma transferência ultrapassou a marca dos 100 milhões de euros. Porém, já houve negócios que atingiram 50 milhões de euros, o que representam quase R$ 280 milhões.

Com relação às contratações citadas acima, três envolveram jogadores brasileiros. Raphinha e Richarlison, que foram para FC Barcelona e Totternham, respectivamente, e pelo mesmo valor de 58 milhões de euros, o que equivalem a R$ 323 milhões. E Gabriel Jesus, que foi para o Arsenal, por 52,2 milhões de euros, cerca de R$ 290,7 milhões.

Entre os destaques de contratações da temporada estão Robert Lewandowski, que parte do Bayern de Munique para o FC Barcelona, assumindo o papel de principal atacante da equipe espanhola, e que contou com a assessoria jurídica da equipe Bichara e Motta.

De acordo com a Transfermarkt, portal alemão que avalia os valores do mercado de futebol, os times que mais investiram, até o momento, são (valores em euros):

  • Arsenal (ING): 132,1 milhões
  • Bayern de Munique (ALE): 117,5 milhões
  • Manchester (ING): 108,8 milhões
  • Leeds United (ING): 105,6 milhões
  • Barcelona (ESP): 103 milhões
  • Tottenham (ING): 101,9 milhões
  • Chelsea (ING): 94,2 milhões
  • Juventus (ITA): 89,5 milhões
  • Borussia Dortmund (ALE): 86 milhões
  • Liverpool (ING): 85,8 milhões

Bichara e Motta Advogados é o primeiro escritório full service líder nas áreas de esportes e entretenimento da América Latina.