Cliente Arouca é liberado para jogar após concessão de efeito suspensivo de sua pena preventiva

Sócios Bichara Abidão Neto e Pedro Fida, juntamente com advogados do Palmeiras, afastaram a suspensão preventiva imposta ao volante e cliente Arouca devido à suposta violação de regra antidoping.

Arouca é acusado indevidamente por suposta violação de regra antidoping e seu processo corre perante o Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol. Trata-se de um ‘falso doping’ por se tratar de um glicocorticoide de uso intra-articular devidamente autorizado pela WADA e Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O julgamento final de Arouca deverá ocorrer durante o mês de outubro de 2016.

Para maiores informações: http://glo.bo/2doZTNA